A Prefeitura de João Pessoa planeja contratar mais servidores concursados entre 2022 e 2023 para substituir os temporários. O compromisso foi firmado nesta quinta-feira (10) entre o prefeito Cícero Lucena (Progressistas) e o presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), Fernando Catão.

Os dois se reuniram de forma virtual. Acompanhados das equipes técnicas dos dois órgãos, eles tiveram uma conversa de acompanhamento da gestão, pontuando principalmente as questões relativas ao quadro de servidores não concursados.

“A reunião serve para garantir de forma preventiva que estamos agindo no cumprimento da legislação, no caso em particular da política referente aos servidores. Essa ação é fundamental, porque reduz a possibilidade de erro. Além disso, o Tribunal possui uma ferramenta que pode nos ajudar nisso e na qualificação de servidores, o que nos permitirá ter níveis elevados de eficiência na gestão”, disse o prefeito Cícero Lucena.

Os órgãos firmaram um pacto no sentido de reduzir gradualmente ao longo dos próximos anos o número de servidores não efetivos. “Realizamos um concurso para 600 pessoas na área da saúde recentemente e a previsão é que tenhamos novas concorrências para contratar mais servidores entre 2022 e 2023, substituindo os não concursados”, explicou o secretário municipal da Administração, Valdo Alves.

Também participaram da reunião o conselheiro Antônio Gomes, relator das contas da administração municipal em 2021, e o secretário executivo das Finanças, Brunno Sitônio.

Seu endereço de email não será revelado.