No entanto, em um eclipse anular, o satélite está num ponto distante da órbita terrestre e fica com uma aparência menor, deixando as bordas do astro-rei aparecerem. (Foto: Reprodução/Twitter)

O raro fenômeno do eclipse anular, conhecido popularmente como ‘Anel de Fogo’, será visível nos céus de João Pessoa e Natal, em sua maior magnitude, no dia 14 de outubro de 2023.

De acordo com a Nasa, o mesmo fenômeno poderá ser visto na latitude e longitude equivalente das cidades de João Pessoa (PB) e Natal (RN) em 14 de outubro de 2023.

Durante um eclipse solar total, a Lua fica perfeitamente alinhada entre o Sol e a Terra.

No entanto, em um eclipse anular, o satélite está num ponto distante da órbita terrestre e fica com uma aparência menor, deixando as bordas do astro-rei aparecerem.

Nesta quinta-feira (09), o fenômeno será visível a partir do Canadá, Rússia e Groenlândia — saiba mais. O ‘anel de fogo’ pode ser acompanhado por brasileiros através de transmissões ao vivo.

Além do ‘anel de fogo’ previsto para ser visto por observadores na latitude e longitude, também está previsto um eclipse solar total visível no Brasil em 4 de dezembro de 2021.