O secretário de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, durante entrevista ao programa Rede Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação nesta terça-feira (1°), rebateu críticas de setores da oposição ao governador João Azevêdo (Cidadania), que tem apontado uma suposta dessincronia do chefe do Executivo paraibano, que também já foi secretário de Infraestrutura, nos anúncios de obras de infraestrutura e mobilidade urbana realizadas por ele na Paraíba.

Deusdete Queiroga rebateu a oposição que tem reverberado o discurso de falta de investimentos por parte da pasta nas áreas e apontou que mesmo diante de um cenário de pandemia, que exigiu muito esforço do Executivo Estadual na área da Saúde, as obras de infraestrutura e mobilidade não pararam por toda Paraíba. Ele lembrou que se essa leitura fosse verdadeira, não existiria a concorrência de vários grupos políticos pelo apoio do governador.

“A gente tem obras espalhadas pelo estado inteiro, a população tem visto e observado isso, tanto é que se esse discurso da oposição tivesse alguma ressonância, a gente não teria tantos grupos políticos procurando o governador João Azevêdo para fazer parte de sua chapa, para ser candidato a vice ou ser o senador do governador. Se esse argumento fosse válido, o governo não estaria bem avaliado e ele, o governador, não estaria tão bem e teria tanta concorrência de grupos importantes políticos da Paraíba. O Estado tem obra, obras em todas as partes e muito importantes”, afirmou o secretário.

Durante a entrevista, o secretário lembrou ainda o recente pacote de obras lançando por João Azevêdo para garantir a assistência em saúde e social para a população, além de assegurar as condições econômicas necessárias para a geração de emprego e renda. “Eu disse de forma particular ao governador que ele foi muito feliz em lançar esse último pacote de obras no valor de R$ 435 milhões porque ele conseguiu distribuir obras por todas as partes do Estado, obras que são prioritárias. Na área de saúde o investimento que foi feito por conta da pandemia, melhorando a infraestrutura do Hospital de Trauma de João Pessoa, o de Campina. Tem o Hospital Santa Paula, vai construir o Hospital da Mulher, então são várias obras importantes. Ainda tem as duas grandes obras, levando em conta o turismo, tem o Polo Turístico do Cabo Branco e o Centro de Convenções de Campina Grande, obras que vão atrair turismo de evento de forma permanente”, afirmou Deusdete Queiroga.

Confira a íntegra da entrevista concedida ao jornalista Luís Tôrres: